terça-feira, 12 de junho de 2012

HINO AO AMOR



Sempre que haja um vácuo na tua vida, 
enche-o de Amor. 
Adolescente, jovem, velho:
Sempre que haja um vácuo na tua vida,
Enche-o de Amor.
Logo que saibas
De um tempo livre à tua frente,
vai buscar o Amor.
Não penses: sofrerei.
Não penses: vão enganar-me.
Não penses: duvidarei.
Vai simplesmente, transparente,
Regozijando, em busca do Amor.
Que espécie de Amor?
Não importa.
Todo o amor
Está cheio de excelência, e de nobreza.Ama como puderes,
Ama a quem puderes tudo o que puderes...
Mas ama sempre
Não te preocupes com a felicidade do teu amor.
Ele tem em si mesmo a sua felicidade.
Não te julges incompleto
Porque não correspondem à tua ternura:
O amor tem em si mesmo a sua própria plenitude.
Sempre que haja um vácuo na tua vida,
Enche-o de AMOR."


Amado Nervo

3 comentários:

  1. bom texto, tudo o que a gente é de amor

    ResponderExcluir
  2. Gostei da postagem, seu blog/site tem um template muito bonito e convidativo, virei fã, muito sucesso para vc...

    http://temtudomega.blogspot.com
    siga o meu blog também, comente e CURTA no facebook
    Agradeço

    ResponderExcluir