quinta-feira, 28 de março de 2013

IMPRECISA PREMISSA


(quantas curitibas cabem numa só Curitiba)

Cidades pequenas,
como dói esse silêncio,
cantilenas, ladainhas,
tudo aquilo que nem penso,
esse excesso
que me faz ver todo o senso,
imprecisa premissa,
definitiva preguiça
com que sobe, indeciso,
o mais ou menos do incenso.
Vila de Nossa Senhora
da Luz dos Pinhais,
tende piedade de nós.


Paulo Leminski,
in Toda Poesia

Nenhum comentário:

Postar um comentário